Tempo Lages
SE A CLUBE NÃO DEU, É PORQUE NÃO ACONTECEU.  
 
  No Ar   Alma Cabocla I e II das 05:00 ás 08:00 horas
  A Seguir   Jornal da Clube 1ª Edição das 08:00 ás 09:00 horas
 
 
  A prefeitura firmou um contrato através de licitação pública, repassando mensalmente um valor de R$ 141 mil para custear a mão de obra utilizada na manutenção geral da rede de iluminação pública. Você está satisfeito com o serviço já realizado?  
  Sim
  Não
 
 
 
 
   
 
Locução Comercial no Centro de Lages.
   
     
  É com profunda indignação e de certa forma revolta, que eu, como profissional da área de comunicação, venho lamentar certas "leis" ( absurdas ), criadas por um pequeno grupo de vereadores e que impossibilitam profissionais como eu, com ALVARÁ, INSS PAGO EM DIA, AUTORIZAÇÃO DO PRÓPRIO MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE PARA O USO DE DECIBÉIS NO CENTRO DE LAGES. Há dois anos foi criada essa tal "LEI" ", impossibilitando-me de exercer minha função e garantir meu ganha-pão. Minha maior indignação ainda, é observar que essa "lei" só se aplica a profissionais como eu. Pois, neste sábado vi um grupo de fiscais retirando alguns trabalhadores do centro. Entre esses trabalhadores haviam locutores e alguns vendedores ambulantes, esses que já foram até a Prefeitura pagar a taxa para que possam vender seus produtos com dignidade. Porém, a prefeitura dificultou e não permitindo que esses trabalhadores pagassem a taxa, alegando que os produtos em questão não estão na relação do que pode ou não comercializar no centro de Lages. Mas, voltando ao assunto que vim expor também aqui, é que este fim de semana, no sábado, dia 25 de novembro, presenciei a fiscalização da Secretaria do Meio Ambiente, retirar vários trabalhadores que estavam ali PRODUZINDO, GARANTINDO SEU GANHA-PÃO, porém também presenciei, O CARRO DA CDL, UM TRIO ELÉTRICO, onde pude gravar e enviar para o Sr. Prefeito. Aí pergunto: Que "lei" é está que somente proíbe o pequeno trabalhador de poder exercer sua função? que "LEI " é esta que pune severamente trabalhadores da área de comunicação que estão dentro das normas que foram estipuladas pela própria Prefeitura e a Secretaria do Meio Ambiente? Não estou aqui pedindo "lei pra todos", estou aqui expondo minha grande indignação como profissional, ser punida por tentar garantir meu sustento e de minha família. Infelizmente estamos passando por um período muito difícil em nossa economia, nossa realidade é cruel, não só para mim, mas para toda uma classe trabalhista. Lojas no Centro fechando portas, essa é a realidade. É a nossa mão de obra, que também contribui para o desenvolvimento e produtividade. Quando digo nós... não me refiro a somente os profissionais de Comunicação que ali estão, refiro-me a todos que produzem , com suor seu trabalho, sejam locutores, sejam ambulantes, sejam vendedores, todos estão a movimentar e dar vida ao comércio local. Tirar, proibir que nós possamos produzir e garantir nosso ganha-pão é absurdamente INJUSTO, DESUMANO. Tive a oportunidade de enviar cinco emails ao Sr. Prefeito falando do assunto, porém não tive retorno. Sr. Prefeito, Vereadores, Secretaria do Meio Ambiente, revejam a melhor forma para que nós trabalhadores, gente que batalha, que luta diariamente para o sustento de nossas famílias, que movimentam o comércio, nos dê a oportunidade de produzir como trabalhadores. REVEJAM TAIS "LEIS"! REGULAMENTAR E NÃO PROIBIR.


Kirce Marques
Profissional da área de comunicação - Lages/SC, 29/11/2017
 
      
   
  RECLAMAÇÃO  
  1 - NÃO ADIANTA LIGAR PARA 0800-644-1130 DA SAÚDE - NINGUÉM TEM A GENTILEZA DE ATENDER. 2 - FUI M...  
  IPTU  
  Em algumas cidades os aposentados não pagam IPTU. Em Porto Alegre, há duas possibilidades de isenção...  
  Ponto de Ônibus  
  Estou me manifestando sobre um ponto de ônibus urbano em frente a Igreja Luterana. Vejam as condiçõe...  
  Denúncia  
  Sou morador do Jardim Celina. Tenho uma denúncia: há um carro abandonado, cheio de focos de mosquito...  
  Hospital de Campo Belo do Sul  
  Estou entrando em contato com a Rádio Clube e pedindo ou melhor apelando para que esta rádio nos aju...  
  Falta de Remédio  
  Gostaria de deixar registrado aqui a falta de remédio, fornecido pelo Estado, através da Anacon, in...  
  Denúncia  
  Em nosso bairro Bela Vista algo um tanto estranho veio ao meu conhecimento: para usufruir de nossa á...  
  Locução Comercial no Centro de Lages.  
  É com profunda indignação e de certa forma revolta, que eu, como profissional da área de comunicação...  
  Vendedores de Morango  
  Boa noite. Fico indignada com os vendedores de morango nos sinaleiros. Eles tem a capacidade de vend...  
  Caixa de esgoto a céu aberto no Bairro São Francisco  
  Olá boa tarde. Através deste importante canal de comunicação, gostaria de pedir ajuda com o objetivo...  
  ESTRADA DE CHÃO ESBURACADA  
  POR GENTILEZA, VERIFICAR NA RUA ROMUALDO ANTONIO DO PILAR, A ESTRADA É DE CHÃO BATIDO, TEM MUITOS BU...  
  Lixo Jogado na Estrada para Morrinhos  
  Venho mostrar a minha indignação ao ver diariamente o absurdo de lixo jogado na estrada para Morrinh...  
  Efetivo Menor do que a Lei Manda (Agentes de Trânsito)  
  Não há como negar, ultimamente os Agentes de Trânsito são polêmica por onde andam, pelo menos suas n...  
  RECLAMAÇÃO FARMÁCIA POPULAR DA PREFEITURA  
  Venho reclamar sobre a Farmácia Popular da Prefeitura. Todo mês que vou buscar remédio, nunca tem. O...  
  Abandono de Animais no Salto Caveiras  
  Preciso de ajuda sobre o abandono de animais nos primeiros 1000m pra dentro do Salto Caveiras. Todo ...  
   
   
   
   
 
     
EMPRESAS DO GRUPO SCC

SBT Santa Catarina

Rádio Clube FM Lages

Rádio Massa FM Lages

Rádio Gralha FM Urubici

SCC Portal

Direta Comunicação Móvel Empresarial

Fundação Carlos Joffre

Animazoo

 

RÁDIO CLUBE DE LAGES

Home

Sobre a Clube

Alô Negócios

Notícias

Eventos

Programação

Anuncie

Equipe

Contato

RÁDIO CLUBE FM 98,3 - Lages
Rua Carlos Joffre do Amaral, 67
Centro - CEP: 88.501-015
Fone: 49 3221-3115
 
 
Acesse o QR Code ou clique na imagem para baixar o
exclusivo aplicativo da Radio Clube de Lages Mobile
GRUPO SCC 2011. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS